Agricultura 4.0: o que é, como funciona e quais são as suas vantagens?

07/12/2021
Agricultura 4.0: o que é, como funciona e quais são as suas vantagens?

Você sabe o que é Agricultura 4.0 e de que modo ela está mudando a forma como as propriedades rurais são gerenciadas? Por coletar e reunir dados sobre o solo, o clima, os equipamentos e a lavoura em si, o produtor que usa essa ferramenta possui as informações necessárias para a tomada de decisão de forma precisa, por isso o nome. A Agricultura 4.0 reúne algumas estratégias e tecnologias para oferecer a otimização das atividades do campo e consegue fazer isso por meio de ferramentas, como sensoriamento remoto e conectividade.

Neste post, falaremos um pouco mais sobre ela, acerca de como ela funciona, das suas características, do seu impacto na produção etc. Confira!

Contexto atual e futuro da agricultura

Já é sabido que a agricultura da atualidade não é mais resumida apenas ao trabalho de plantar, colher e comercializar. Hoje, ela já se trata de otimização dos processo produtivos e isso engloba desde a melhora do aproveitamento do solo até o acesso às melhores negociações na comercialização.

Sabendo que grande porcentagem do PIB do Brasil é relacionada à agricultura cria-se, então, a possibilidade de trazer cada vez mais qualidade, não só para os trabalhadores rurais, mas para a população em geral também — uma vez que os produtores rurais passaram a ter mais acesso à tecnologia, que é necessária para alavancar os seus processos — o que tem feito toda a diferença no dia a dia da lavoura.

Características da agricultura digital

Uma forte característica da agricultura 4.0 é a utilização de tecnologia nas máquinas e nos processos de forma geral. O intuito é agregar funcionalidades que otimizem a produção e o trabalho como um todo e, para isso, algumas ferramentas são adotadas.

Um bom exemplo é o sensoriamento. Ele pode ser usado para detectar qual parte de uma lavoura está infestada de ervas daninhas para, só naquela área, ser aplicado um tipo específico de herbicida para acabar com a infestação. Este tipo de tecnologia impacta diretamente nos custos, por exemplo, visto que não necessita aplicar em toda a lavoura o defensivo.

O Big Data também é bastante utilizado nessa nova era da agricultura. Ele possibilita coletar e armazenar as informações mais diversas sobre a lavoura, como nível dos nutrientes, umidade do ar, acidez do solo e várias outras. Essa tecnologia oferece um histórico de toda a área que garantirá a tomada de decisões mais precisas do momento da sua utilização em diante.

Outra característica da agricultura 4.0 é o uso da Internet das Coisas (IoT) no dia a dia da fazenda. De forma bastante simples, ela faz com que os dispositivos e as máquinas agrícolas estejam sempre interconectados, gerando informações mais precisas e integradas sobre o seu negócio.

Um exemplo disso é o trator pode permanecer conectado diretamente à plantadeira, recebendo informações de qualidade de plantio para regular a velocidade e, posteriormente, a colheitadeira irá usar essas informações, no momento da colheita, para comparar a produtividade em cada ponto relacionando à qualidade do plantio nestes pontos. Com essas informações, é possível ajustar o plantio ao mapa de fertilidade do solo, por exemplo, a fim de conseguir altos pontos de produtividade e rentabilidade.

Impacto da agricultura digital na produção rural

Agora que você já conheceu como a “nova agricultura” funciona e quais são as suas características, precisa descobrir quais são os seus impactos em uma produção rural. A seguir, listamos alguns deles.

Otimização dos processos

Um dos primeiros impactos visíveis da agricultura dentro da produção rural é a otimização dos processos. Isso porque a integração entre o sistema de gestão e todos os equipamentos necessários para o trabalho é capaz de deixar diversas etapas desse processo mais otimizadas — desde o plantio até a colheita.

Quando o produtor conhece dados importantes sobre os insumos necessários, seu maquinário e a área trabalhada, consegue monitorar quais os processos ainda podem melhorar dentro do seu planejamento de forma muito mais fácil.

Isso auxilia, por exemplo, no momento da aplicação dos fertilizantes e defensivos, possibilitando um maior controle do quanto foi aplicado e quanto ainda se tem em estoque. Só aí já é possível reduzir custos e desperdícios.

Além disso, o uso da agricultura 4.0 pode fazer com que todos esses cuidados sejam cada vez mais otimizados. Com ela, é possível por exemplo, definir quais áreas dentro da propriedade precisam — ou não — de um manejo em específico, o que evita que recursos sejam utilizados sem a necessidade real deles.

Aumento da produtividade

Quando o produtor conhece as particularidades da lavoura de uma forma mais precisa, a tomada de decisões e outros processos se tornam muito mais simples e eficientes. Isso faz com que seja muito mais fácil visualizar a saúde da lavoura como um todo, sendo possível tomar decisões de acordo com o diagnóstico recebido. Tudo isso, aumenta — e muito — a produtividade da fazenda.

Redução de custos

Quando há a otimização dos processos, muitos custos da produção já são reduzidos. A agricultura 4.0, no entanto, pode ir muito além nesse quesito e revelar possíveis falhas e pequenos erros que não poderiam ser identificados antes, sem dados e informações.

Ao fazer o monitoramento mais detalhado de todos os processos de produção e, a partir daí, integrar todos os dados em um mesmo software de gestão, o produtor pode identificar, por exemplo, qual talhão dentro da propriedade rural tem gerado mais custos.

Depois desse gargalo identificado, poderá entender o motivo e então buscar soluções que sejam efetivas para, além de economizar, aumentar a rentabilidade da lavoura.

Aumento da eficiência

Com todos os equipamentos conectados, o produtor pode medir de forma mais simples e precisa qual é a eficiência operacional de cada um dos processos. Dessa forma, torna-se mais simples realizar as modificações necessárias que melhorarão ainda mais os seus resultados.

Sem ter um software de gestão, fica mais difícil saber o que exatamente pode reduzir o rendimento do trabalho na fazenda e, sem nenhuma atitude, o erro continua a acontecer até que se perca muito tempo e dinheiro.

Isso significa que, quando não há um bom uso da tecnologia e das estratégias certas, isso pode gerar uma perda relevante de toda a operação e, consequentemente, de lucro e rentabilidade.

Como você pôde perceber, a agricultura 4.0 é uma nova forma de fazer a gestão de uma propriedade rural e traz muitos benefícios para os gestores e produtores rurais.

Gostou do conteúdo deste texto? Então, aproveite para compartilhá-lo nas suas redes sociais para que seus amigos e familiares também possam se beneficiar dessas informações!

Veja também:

Planejamento Estratégico No Agronegócio

Um material prático para você aplicar o planejamento estratégico na fazenda.

Gestão Financeira, Gerencial e Fiscal para produtores rurais

Com o SCADIAgro Software de Gestão, você pode controlar os custos de suas atividades de forma integrada, atendendo às necessidades de controle financeiro, gerencial (custos e resultado) e fiscal.

SCADIAgro Transparência

Para que exista coerência nas informações e nos resultados, desenvolvemos o SCADIAgro Transparência, onde auditamos os dados lançados, garantindo a consistência das informações financeiras e econômicas do negócio.

Agende uma apresentação

Já estamos presentes na maior parte do território nacional.
A SCADIAgro já atende os estados do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Maranhão, Bahia, Tocantins, Pará e Piauí.

Mande sua mensagem para nós que um de nossos consultores em breve entrará em contato com você:

Artigos relacionados

Confira os conteúdos relacionados a esta solução que preparamos especialmente para você:

Gestão Rural #50

Leão 4.0, a fiscalização na era da I.A.

Neste episódio da série Gestão Rural, conversamos com o Hugo Monteiro, sobre as novidades do IR produtor rural para este ano!...
Informativos
Gestão Rural #48

Recuperação Judicial do Produtor Rural

Neste episódio da série Gestão Rural, conversamos com o Leandro Marmo, sobre o que é Recuperação Judicial (RJ) e suas...
Boas práticas

Aqui estão 3 maneiras fáceis de se preparar para a Nota Fiscal Eletrônica em 2024

Produtor Rural, você precisa começar a usar a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) em 2024. Isso pode parecer difícil, mas eu...
Boas práticas

Agende uma apresentação

Preencha o formulário de contato abaixo agendar uma apresentação:

      Entre em contato conosco

      Preencha o formulário de contato abaixo para entrar em contato conosco:

          Agradecemos pelo seu interesse!

          Para fazer o download deste material em formato PDF, clique no botão a seguir:

          O seu material será enviado por e-mail. Caso não apareça em sua caixa de entrada, verifique as mensagens de SPAM e aproveite para classificar nossos e-mails “@scadiagro.com.br” como seguros.

          Agradecemos pelo seu interesse!

          Para fazer o download deste ebook em formato PDF, clique no botão a seguir:

          O seu e-book será enviado por e-mail. Caso não apareça em sua caixa de entrada, verifique as mensagens de SPAM e aproveite para classificar nossos e-mails “@scadiagro.com.br” como seguros.